Gastronomia

Gastronomia na Quarta Colônia

O patrimônio gastronômico da Quarta Colônia é resultado de um conjunto de elementos culturais identitários, oriundos dos saberes e fazeres trazidos pelos imigrantes no final do século XIX, e aprimorados ao longo da colonização desde meados do século XX. Atualmente, a gastronomia local compõe-se da culinária de herança italiana, alemã, portuguesa, africana e quilombola representativas no território. As peculiaridades e expressões culinárias são um dos mais distintivos e simbólicos elementos identitários da Quarta Colônia, fortemente presente na mesa das pequenas comunidades dos nove municípios do território da Quarta Colônia. 

 

O caráter multiétnico faz da Quarta Colônia um território com significativa diversidade de pratos típicos e peculiaridades de temperos, aromas e sabores que você poderá encontrar nos mais diversos festejos das comunidades, nos restaurantes típicos, cafés coloniais, padarias, agroindústrias locais, e até mesmo nas refeições das casas de descendentes de imigrantes ou nos temperos que compõem os lanches e petiscos de muitos bares, pizzarias, pubs e trailers. 

 

A cesta de produtos típicos é diversificada e não pode faltar bolos, pães, cucas, queijos, salames, bolachas, rocamboles, doces em caldas, compotas de doce de leite, geléias, frutas, vinhos, sucos, rapaduras, melado de cana e outras delícias da Quarta Colônia. Se você é apaixonado por uma boa mesa lembre-se de provar estas delícias, frequentar os restaurantes de cozinha nacional e internacional - também presentes no território - ou mesmo participar das festas religiosas nas comunidades para provar a famosa sopa de agnolini, o bife à milanesa, a carne lessa, os risotos e o radicci bem temperado e preparados com carinho e tradição.

Texto: Profª. Dra. Caroline Ceretta. 

 

​Revisão feita por Bianca Guimarães e Natália Huber.

 

Foto: Café Colonial Serra Verde/Reprodução Facebook

 

 

Confira a seguir algumas dicas de alimentação na Quarta Colônia:

Realização